Currículo Vitae – Como Fazer, Preencher, Objetivos – Aprenda!

A primeira impressão é a que fica, especialmente tratando do currículo Vitae. O documento, que reúne as principais informações profissionais, acadêmicas e pessoas do trabalhador, é analisado minuciosamente pelo contratante.

No entanto, se as informações de seu currículo estiverem mal organizadas, as chances do documento ser descartado são bem grandes. Por isso é muito importante saber como fazer um currículo Vitae para não errar nesse primeiro momento.

Acredite ou não, a avaliação da organização de seu currículo vale tanto quanto as informações contidas nele. Por isso é preciso prestar bastante atenção no momento de criar o seu CV e mandá-lo para aquela vaga de emprego tão desejada.

Para ajudá-los, reunimos uma série de dicas e informações muito importantes sobre o currículo Vitae. Confira!

O que é Currículo Vitae?

O currículo Vitae é um documento onde é inserido informações relacionadas a sua trajetória de vida de uma forma direta e resumida. Um currículo deve trazer informações sobre:

  • Dados pessoais
  • Experiências profissionais (trabalhos anteriores)
  • Objetivos profissionais
  • Formação escolar/acadêmia
  • Habilidades
  • Cursos
  • Formações complementares.

O CV, como também é conhecido, tem como principal objetivo fornecer um perfil do trabalhador para as empresas contratantes, esse documento é completamente diferente do currículo lattes. Dessa forma, é possível conferir todas as informações do trabalhador e definir se ele está apto a ocupar a vaga anunciada.

No entanto, é importante ressaltar que um currículo deve conter somente informações relevantes. Muita gente comece um erro básico e acaba adicionando informações demais em seus currículos, tornando a leitura cansativa e dispensável para quem está oferecendo a vaga.

O ideal é criar um documento compacto, reunindo todas as informações importantes de forma organizada, direta e bastante prática. Currículos organizados e com as informações claras costumam chamar mais atenção dos empregadores, aumentando as chances de conseguir a vaga de emprego tão desejada.

Como fazer Currículo Vitae?

Currículo VitaeO currículo vitae não precisa ser complexo: um CV simples, porém bem organizado, tem todo o poder de chamar atenção do empregador e cumprir o seu objetivo, que é o de passar as informações.

Basicamente, um currículo vitae deve ser composto das seguintes informações: Dados Pessoais, Objetivos Pretendidos, Formação Escolar, Experiência Profissional e, por último, Habilidades e qualificações profissionais.

No conteúdo a seguir falaremos um pouco sobre o que deve ser inserido em cada parte de seu currículo.

01. Dados Pessoais

Nessa parte deverá ser inserida informações básicas, como: nome completo, idade, estado civil, endereço, telefone residencial, telefone celular, e-mail (cuidado para não utilizar um endereço “não profissional”). Não utilize abreviaturas e nem insira número de documentos ou de conta bancária, muito menos foto pessoal (só se for solicitado pelo empregador).

02. Objetivos pretendidos

Nessa parte deverá ser incluindo a posição desejada e o cargo pretendido, podendo relacionar uma área de interesse profissional. É muito importante deixar seus objetivos claros, pois essa será uma das partes mais importantes de seu currículo.

03. Formação escolar

Se você ainda está estudando, o recomendado é adicionar a data de ingresso e a data prevista para o término dos estudos, seguido do nome da instituição de ensino. Aqui também poderá (e deverá, caso houver) ser incluída informações adicionais, como cursos de especialização ou qualificação, cursos de idiomas e o nível de fluência na língua apontada.

04. Experiência profissional

Insira as últimas empresas em que trabalhou, citando sempre a data de início e a data de desligamento, assim como a função exercida na empresa. Não é preciso informar o motivo da demissão, apenas o tempo em que passou trabalhando e o nome das companhias que o empregou.

05. Habilidades e qualificações profissionais

Resuma as suas principais habilidades e qualificações profissionais. Aqui você poderá “vender o seu peixe”, ressaltando sempre suas qualidades de forma honesta e direta.

Além dessas dicas, é importante que o seu currículo seja direto, muito bem organizado e objetivo. Nada de enrolação ou informações fantasiosas para “incrementar” o seu currículo.

O que colocar no objetivo do Currículo?

Essa é uma das partes mais importantes dentro de um currículo Vitae e, por isso, deve ser elaborada com uma atenção especial. Muita gente erra na parte do objetivo, pois fornecem uma visão bastante superficial e clichê de seus “objetivos”. Muitas vezes, são frases retiradas da internet e impostas no documento.

De maneira geral, você deve especificar qual vaga almeja e o que pretende fazer para contribuir para o sucesso da empresa. A seguir mostraremos alguns exemplos de objetivos que poderão ser utilizados:


Objetivo 01: “Pretendo assumir a vaga de NOME DA VAGA e, por meio de minha experiência profissional, colaborar com os resultados e crescimento dessa empresa.”


Objetivo 02:“Almejo a vaga de NOME DA VAGA e através dessa posição assumir novos desafios.”


Objetivo 03:“Concorrer a vaga de NOME DA VAGA como oportunidade de crescer profissionalmente.”


Lembrando que essas frases são só bases. Você deverá criar o seu objetivo levando em consideração seus objetivos reais, sua experiência profissional e o cargo almejado.

Como preencher Currículo para primeiro emprego?

Currículo VitaeSe você não possui experiência profissional, não se preocupe. Afinal de contas, não será necessário adicionar “informações” que não existem, não é mesmo?! Para quem está em busca do primeiro emprego, a dica é apostar nos cursos feitos, no objetivo e nas qualidades do autor.

O modelo do currículo para primeiro emprego pode ser montado da seguinte forma:


01. Dados pessoais (Nacionalidade, estado civil e idade, Endereço – Bairro – Região – Cidade, Telefone residencial e celular, E-mail);


02. Formação acadêmica;


03. Idiomas;


04. Informática;


05. Experiência profissional (caso houver);


06. Bicos / “freelas” realizados (Especialistas dizem que informar bicos e freelas realizados aumentam as chances de conquistar os empregados).


Utilizando esse modelo simples você poderá fazer um currículo para primeiro emprego de deixar inveja para os outros candidatos. Mas, lembre-se sempre que a forma como é organizado tem quase o mesmo valor que as informações adicionadas.

O currículo Vitae é um documento essencial para quem está em busca de emprego. A maneira como as informações serão adicionadas e organizadas farão todo o diferencial, por isso é muito importante saber como criar um currículo da forma correta.

Em caso de dúvidas sobre o Vitae currículo, deixe um comentário para que a gente possa te ajudar. Boa sorte!

Currículo Lattes CNPq – Saiba como Fazer, Atualizar, Buscar Currículo

O Currículo Lattes é um currículo produzido e arquivado na plataforma Lattes, um banco de dados de currículos acadêmicos administrado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

A instituição apostou na criação de um banco de dados próprio devido ao alto volume de currículos registrados na instituição à época. Dessa maneira, o Lattes acabou se tornando a plataforma padrão para o registro do currículo de professores, pesquisadores e estudantes acadêmicos.

No lattes currículo é possível visualizar:

  • Publicações científicas;
  • Estudos;
  • Quantos idiomas falam;
  • Experiência profissional;
  • Formação;
  • Prêmios;
  • Trajetória do acadêmico.

A seguir mostraremos mais informações sobre o currículo Lattes CNPq e daremos dicas bem práticas sobre como criar um utilizando a plataforma. Confira!

O que é Currículo Lattes?

O currículo Lattes é, a grosso modo, um currículo para pesquisadores, estudantes, professores e acadêmicos no geral. Diferente do currículo vitae, mais utilizado pelos profissionais do mercado de trabalho, o Lattes possui mais volume, possuindo até 10 páginas com projetos, realizações, prêmios e outras informações sobre a trajetória acadêmica de uma pessoa.

Currículo Lattes

Conheça um pouco mais desse tipo de currículo:


Criação: O currículo Lattes surgiu no ano de 1999, mas antes disso a CNPq já contava com cerca de 30 mil currículos cadastrados em sua base de dados.


Desenvolvimento: Com o tempo, a plataforma passou por um aperfeiçoamento realizado por acadêmicos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Nessa data, a plataforma ganhou projeção e a partir de então passou a ser o modelo padrão para currículos acadêmicos.


Características: O que caracteriza o currículo Lattes é a sua abundância de informações, além da amplitude e da confiança dos dados ali presente. Essa abundância se deve ao fato de que o currículo abriga mais informações sobre o acadêmico, revelando sua verdadeira trajetória desde a sua formação no Ensino Superior e todas as suas contribuições em seu meio.

Além de, é claro, ressaltar todas as habilidade, capacidades, prêmios e realizações do acadêmico em si.


Fazer um currículo Lattes é simples, pois o acesso à plataforma CNPq é bastante flexível. Para quem deseja conhecer um modelo desse tipo de currículo, basta acessar a plataforma e realizar uma pesquisa simples.

Para começar, você pode utilizar algum professor de sua universidade como exemplo. Analise o seu currículo Lattes para ter uma ideia de como o documento é organizado (e, claro, para prestigiar os feitos do acadêmico também!).

Como fazer Currículo Lattes?

Para fazer um currículo Lattes é muito simples, bastando acessar a plataforma e clicar na opção de cadastro. No entanto, devido ao grande volume de informações, é importante preencher os campos com bastante atenção para não deixar de fora nenhum dado importante.

Currículo Lattes

Deve ser incluído os dados profissionais e profissionais, além das informações relacionadas a sua formação acadêmia de uma forma ampla.

A seguir mostraremos um passo a passo com todas as dicas para você criar o seu currículo sem medo de errar. Confira:

Currículo Lattes


Passo 01. Entre no site do Lattes clicando aqui (lattes.cnpq.br).


Passo 02. Apresentação. O texto pode ser inserido manualmente ou automaticamente pela plataforma, de acordo com as informações fornecidas. Aqui é indicado resumir sua experiência, ressaltando suas contribuições e interesses.

O que deve ser inserido:

  • Informações do autor
  • Endereço profissional
  • Resumo da formação
  • Idiomas e nível de fluência

Passo 03. Formação acadêmia. Além das informações sobre a graduação, aqui deverá ser inserido formações complementares, como cursos realizados fora da universidade. É importante destacar as informações mais importantes.

O que deve ser inserido:

  • Formação acadêmica
  • Níveis de titulação
  • Instituições e datas
  • Cursos complementares

Passo 04. Experiência profissional. Aqui deverá ser inserido as participações em pesquisas/estudos além dos seus maiores interesses como acadêmico. Pode ser incluído o tema do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e outros assuntos interessantes para você.

O que deve ser inserido:

  • Pesquisas realizadas e temas de interesses
  • Atuação como membro de corpo editorial
  • Participação como revisor de periódicos
  • Detalhes sobre a área de atuação acadêmica

Passo 05. Prêmios e títulos. Quem recebeu algum prêmio ou títulos pelo trabalho/pesquisa realizado, terá um espaço para ressaltá-las. Nessa área deverá ser informado recebimentos e indicações para prêmios.

O que deve ser inserido:

  • Projetos premiados de iniciação científica
  • Destaques em feiras ligadas à pesquisa
  • Prêmios recebidos em sua área de atuação
  • Indicações e prêmios de iniciação científica

Se essa é a primeira vez que você está criando um currículo Lattes CNPq, saiba que não é preciso preencher – obrigatoriamente – todos os campos. Mas quanto mais informações você possuir, melhor e mais prestigiado será o seu currículo.

Como Atualizar?

Para atualizar currículo Lattes é muito simples.

Currículo Lattes

Você precisará fazer o login e acessar o seu perfil para a partir daí editá-lo e inserir novas informações. Caso tenha dúvidas, siga o passo a passo abaixo:

Currículo Lattes


Passo 01: Acesse a plataforma e inserir as suas informações de acesso.


Passo 02: Uma vez logado dentro da plataforma, clique para editar o seu currículo e atualize as informações que desejar.


Passo 03: Depois de preencher as novas informações, clique em atualizar.


Dentro de poucos segundos/minutos as novas informações serão adicionadas em seu currículo Lattes.

Como buscar Currículo Lattes?

Todos os currículos cadastrados na plataforma são públicos. Ou seja, qualquer pessoa interessada poderá acessar a plataforma e pesquisar os currículos ali arquivos.

Currículo Lattes

Se você deseja aprender como buscar Currículo Lattes, confira as dicas a seguir:

Currículo Lattes


Passo 01. Acesse o site do Lattes clicando aqui (http://lattes.cnpq.br/). Assim que a página carregar, clique em “buscar currículo” localizado no menu direito.


Passo 02. A seguir você poderá o nome do autor ou o assunto que deseja buscar. Abaixo há 10 tipos de filtros que poderão ser utilizados para refinar a sua busca. Depois de inserir todas as informações, clique em buscar.


Passo 03. Pronto! Aparecerá uma lista de currículos Lattes de acordo com as informações inseridas na busca.


O Currículo Lattes, diferente do currículo Vitae, é o documento destinado para profissionais, pesquisadores e estudantes acadêmicos. A plataforma possui um padrão que é reconhecido e elogiado em vários países.

Uma curiosidade interessante sobre o nome: a plataforma recebeu esse nome graças a César Lattes, físico brasileiro que foi co-autor da descoberta do méson pi. É considerado um dos cientistas brasileiro mais ilustres da história do Brasil, sendo conhecimento como um dos maiores físicos do século 20.

Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário!